O Que Gera Perda de Cobertura do Seguro Auto

Com o objetivo de ter menos gastos , muitas pessoas acabam omitindo informações no momento de assinar o contrato referente ao seguro. Porém isso pode causar problemas futuros para algumas situações, fazendo com que você perca seu seguro.

Seguro Auto

Por esse motivo, vamos te explicar nesse post como se manter seguro diante das regras da seguradora e não correr o risco de perder seu seguro.

Como funciona o Seguro Auto?


O seguro é o serviço prestado pelas seguradoras para com o segurado, o dono do automóvel. Enquanto que a apólice é o documento que possui todas informações referente aos direitos e deveres que o segurado apresenta diante da seguradora.

O contratante tem como responsabilidade realizar o pagamento referente ao custo sobre a proteção de seu automóvel, enquanto que a seguradora deve prestar serviços referente a cobertura do valor em caso do automóvel ser danificado, roubado, ou que tenha qualquer prejuízo.

Porém é importante estar sempre ciente a respeito das cláusulas presentes no contrato, como por exemplo, a seguradora só cobrir danos ocorridos ao automóvel que não forem causados pelo próprio dono do veículo;

Há algumas condições em certos contratos de certas seguradoras que podem ter interferências na realização do pagamento sobre a indenização.

Perco o direito de indenização se bater o veículo por excesso de velocidade?


O seguro não funciona para casos em que o motorista ocasione um acidente intencionalmente. A propósito, caso o acidente ocorra intencionalmente, a seguradora não será responsabilizada pelo pagamento dos devidos concertos ao automóvel.

Estar ciente de quais situações podem acarretar na sua perda do direito a indenização realizada pelo seguro, é algo extremamente importante. Por isso, você deve conversar muito bem com um corretor antes de contratar o seguro, e também ter lido e entendido tudo que foi apresentado na apólice.

Com o objetivo de tomar cuidado com seu automóvel, é muito importante que antes de realizar a contratação do seu seguro auto você tenha conhecimento de tudo a respeito de sua seguradora e suas regras, assim como da apólice de seu veículo.

Para o caso de o automóvel passar por um sinistro, pelo motivo do motorista estar andando em uma velocidade acima do limite, para que a seguradora não se responsabilize pela indenização sobre o veículo, ela terá que provar para a justiça que o motorista do carro estava em alta velocidade.

Eu sou motorista no contrato, mas meu filho dirige, tem algum problema?


É importante saber que todas as pessoas que irão conduzir o carro devem ter seus nomes adicionados a lista de condutores referente ao automóvel. Caso aconteça de o carro passar por um acidente em que o motorista que estava dirigindo o carro não possui seu nome presente na lista da seguradora, a mesma poderá negar o pagamento da indenização sobre o veículo.

Caso seu filho tenha recentemente conseguido tirar sua carteira de habilitação para poder dirigir, é importante que seu nome seja adicionado a lista da seguradora referente aos condutores do carro, para que caso ela sofra um sinistro com o automóvel, o responsável do carro ainda esteja com o direito a indenização por parte da seguradora.

Mentir ao corretor de seguros para pagar planos mais baratos


O mesmo exemplo dado anteriormente serve para agora. Caso você minta sobre algum fato em relação a apólice do seguro, futuramente caso precise da indenização do seguro por conta de algum sinistro, a seguradora poderá negar caso não esteja de acordo com seus termos e direitos que foram anteriormente informados corretamente.

Podemos observar o seguinte exemplo: vamos supor que a seguradora te questione a respeito se você guarda seu carro em alguma garagem durante a noite, ou se você deixa ele na rua mesmo. Caso aconteça algum dano ao seu veículo por ele estar na rua durante a noite, a seguradora poderá negar seu pedido de indenização, assegurando que a informação que você tinha passado anteriormente não estava correta.

Assim, é importante ser bem claro e sincero com a seguradora de seu automóvel no momento de contratar um seguro, pois quem pode ter um prejuízo futuramente pode ser você mesmo.
Postagem Anterior Próxima Postagem